sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

16. Odú Alafiá

Este Odú representa o princípio da vida, o equilíbrio do Universo. Nele falam todos os Orixás funfuns que são os responsáveis pela vida e pela continuidade da mesma. São todos os 154 representantes da família do branco e cabe a cada um deles, a missão de manter o equilíbrio da atmosfera terrestre.
Temos Oduduwá que traz na tradução do seu nome, o sentido gerador, a fonte geradora da vida. Temos também Obatalá, Pai e Senhor do Céu, ou seja, da grandeza e ainda Oxalá que poderíamos descrever como Pai Guardião do infinito.
Dentro da filosofia africana, acredita-se em um só Deus, isso faz com que seja monoteísta, que é conhecido pelo nome de Oludumaré, que é tido como Senhor Deus do Destino Supremo dos Homens e todos os seus derivados como os Irumalés, que se subdividem em Orixás, Eboras e os nossos conselheiros que permanecem no Ayê nos auxiliando e aconselhando e que nós chamamos de Pai do Espírito que é Babá Egun e temos um homem e uma mulher de confiança que através de seus conhecimentos manterão interligados os homens aos seus Orixás.
O termo ORIXÁ significa guardião da Cabeça porque todo segredo da vida está armazenado na cabeça. A cabeça é a fonte de continuidade do sustento e preservação da vida. É através do Orí que o ser humano recebe a ligação de Eledá.
Alafiá representa a alegria, uma vida melhor, tranquilidade e todo o ar que respiramos sem o qual a vida não existiria. É o sopro da vida.
Perfil:
Pessoas que sempre estão procurando ajudar a todos. Clamam ao extremo, mas não são radicais em atitudes e pensamentos. Não ligam muito para os valores financeiros e sim para os valores emocionais. Estão sempre em paz.

6 comentários:

Anônimo disse...

execelente 10.

Anônimo disse...

muito bom

jailton santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jailton santiago disse...

o no meu jogo diz que tenho alafia mais nao fico senpre em paz e nasce em 21/08/1995 quem pode fazer outro jogo para mim

Anônimo disse...

Gosto muito de seu trabalho, de sua proposta!
Importante disseminar a filosofia Yorubana em vários idiomas, formatos, perspectivas!
Tenho, apenas, uma ressalva relativa ao fato do Candomblé ser ou não uma religião monoteísta?

A mim, parece uma falsa questão! Pois, ao pensá-la como monoteísta, estamos imprimindo a visão judaíco-cristã! Influência do sincretismo muito frequente na Umbanda, por exemplo... Nossa religião eh Politeísta, pois a cada Deus/Deusa eh atribuído um domínio, forças, alcance e com traços bem determinados! Acreditar q nossa religião eh monoteísta, na minha opinião, além de ser um equívoco, seja, talvez, uma forma de nos aproximarmos de outras religiões, de tentarmos traçar um diálogo ecumênico, q na verdade, eh possível pro q somos singulares em nossos ritos religiosos, e não por q somos parecidos...
Obg pela oportunidade de comentar esse assunto...
Motumbá Asé
Bibiana

Virginia Lígia Moura de Souza disse...

Não sei em que momento falei que o candomblé era monoteísta, se alguém achar essa postagem por favor me mostrem. Agradeço muito e sempre a todos as pessoas que comentam meu blog. Gostaria apenas do endereço de e-mail pra que eu possa responder.
Abraços
Lígia