quarta-feira, 7 de maio de 2014

Apostila

Tenho apostila do curso de Ifá. Quem se interessar, me escreva.

virligiams@gmail.com

Obrigada!

domingo, 27 de abril de 2014

Limpeza Energética e Espiritual

Este é um processo limpa todas as limitações espirituais, conhecidas e desconhecidas. Esta cura dispara um ciclo de 21 dias de limpeza que trará novas aberturas à sua vida de muitas formas. Na primeira ou segunda semana podem ocorrer sonhos estranhos. Também pode ser que você não tenha sonhos, fazendo um trabalho de processamento mais profundo. 

Em qualquer caso, não se preocupe, ambos são normais. Coloque particular atenção na forma que suas próprias percepções do mundo possam mudar. Haverá um sentimento de calma e clareza, trazendo um novo sentimento de propósito e significado na vida. 
Comece a limpeza de tudo o que está ligando externamente com o sofrimento.

Leia atentamente, de preferência no horário em que ninguém vai interferir.

“Eu apelo ao Cristo para acalmar meus medos e para apagar todo mecanismo de controle externo que possa interferir com esta cura”.

Eu peço a meu Ser Superior que feche minha aura e estabeleça um canal de Cristo para os propósitos de minha cura, para que só as energias de Cristo possam fluir até mim. “Não se poderá fazer outro uso deste canal que não seja o fluxo de energias de Cristo.”

(Imagine uma rotação igual aos ponteiros do relógio de uma energia violeta ao redor de teu corpo e de tudo ao teu redor imediato. Esta energia rotatória continuará por toda uma hora e meia ou através da noite se estás fazendo este procedimento antes de dormir).

Agora apelo ao Arcanjo Miguel, da décima terceira Dimensão para que sele e proteja completamente esta sagrada experiência.

Agora apelo ao Círculo de Segurança da décima terceira dimensão para que sele, proteja e aumente completamente o escudo de Miguel, assim como para que remova qualquer coisa que não seja de natureza de Cristo e que exista atualmente dentro deste campo.

Agora apelo aos Mestres Ascensionados e a nossos assistentes Crísticos, apoiando nas naves, para que removam e dissolvam completamente, todos e cada um dos implantes e suas energias semeadas, parasitas, armas espirituais e dispositivos de limitação auto-impostos, tanto conhecidos como desconhecidos.

“Uma vez completado isso apelo pela completa restauração e reparação do campo de energia original, infundido com a energia dourada de Cristo”.
Repita todo o seguinte:

EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!
EU SOU livre! EU SOU livre! EU SOU livre!

(Para que esta cura seja permanente, devemos fechar as portas que a permitiram em primeiro lugar).

Repita o seguinte:

"Eu, O ser conhecido como (declare seu nome) nesta encarnação particular, por este meio revogo e renuncio a todos e cada um dos compromissos de fidelidade, votos, acordos e/ou contratos de associação que já não servem a meu bem mais elevado, nesta vida, vidas passadas, vidas simultâneas, em todas as dimensões, períodos de tempo e localizações ou onde quer mais na Mente de Deus”.

Eu agora ordeno a todas as entidades (que estão ligadas com esses contratos, organizações e associações às que agora renuncio) que cessem e desistam e que abandonem meu campo de energia agora e para sempre e em forma retroativa, tomando seus artefatos, dispositivos e energias semeadas com vocês.

Para assegurar isto, Eu agora apelo ao Sagrado Espírito Santo para que seja testemunha da dissolução de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas que não honram a Deus / Pai / Mãe. Isto inclui todas as alianças e seres que não honram a Deus / Pai / Mãe como Supremo.

“Ademais Eu peço que o Espírito Santo”. "Testemunhe" a libertação completa de todos os contratos, dispositivos e energias semeadas, tanto conhecidas como desconhecidas, que infringem a vontade de Deus / Pai / Mãe.
Eu declaro isto adiante e retroativamente. E assim seja.

Eu agora volto a garantir minha aliança com Deus / Pai / Mãe através do domínio do Cristo e a voltar a dedicar meu ser inteiro, meu ser físico, mental, emocional e espiritual à vibração de Cristo, desde este momento em diante e em retroativo.

Mais ainda dedico minha vida, meu trabalho, tudo o que penso, digo e faço e todas as coisas em meu ambiente que, todavia me servem, à vibração de Cristo também.

Ademais, dedico meu ser a minha própria mestria e ao caminho da ascensão, tanto do planeta como o meu.

Havendo declarado tudo isto Eu agora autorizo ao Cristo e a meu próprio Ser Superior para que façam mudanças em minha vida para acomodar esta nova dedicação e Eu peço ao Espírito Santo que testemunhe isto também.

Eu agora declaro isto à chama masculino-feminina de Deus. Que seja escrito no Livro da Vida. Que assim seja. “Graças a Deus.”

DECRETO PARA O PERDÃO:

Agora, permita-se curar e perdoar coletivamente todos esses aspectos de ti que fizeram os acordos e a todos os que participaram em tua limitação de qualquer forma. Por favor, inclua nesta oração de perdão a quem quer que necessites perdoar conscientemente, assim como aqueles desconhecidos para ti.

Repita o seguinte:

“Ao Universo e à Mente de Deus inteira e a cada ser nela, a todos os lugares aonde tenha estado, experiências nas que tenha participado e todos os seres que necessitam esta cura, já sejam conhecidos ou desconhecidos para mim”.
Qualquer coisa que se mantenha entre nós, Eu agora curo e perdoo.

Eu agora apelo ao Santo Espírito Shekinah, ao Senhor Metatron, ao Senhor Maitreya e a Saint Germain para que ajudem e testemunhem esta cura.

Queridos, Eu os perdoo, por tudo o que necessite ser perdoado entre vocês e eu.

Eu lhes peço que me perdoem por tudo o que necessite ser perdoado entre vocês e eu.

“O mais importante, Eu me perdoo a mim mesmo, por tudo o que necessite ser perdoado entre minhas encarnações passadas e meu Ser Superior”.
Estamos agora coletivamente curados e perdoados, curados e perdoados, curados e perdoados.

Nós estamos agora elevados a nossos seres Crísticos.
Nós estamos plenos e rodeados com o amor dourado de Cristo.
Nós estamos plenos e rodeados da dourada Luz de Cristo.

Nós somos livres de todas as vibrações de terceira e quarta dimensões de medo, dor e ira.

Todos os cordões e laços psíquicos unidos a essas entidades, dispositivos implantados, contratos ou energias semeadas, estão agora libertados e curados.

Eu agora apelo a Saint Germain para que transmute e retifique com a Chama Violeta todas minhas energias que me foram tiradas e as regresse a mim agora em seu estado purificado.

Uma vez que estas energias regressaram a mim, Eu peço que esses canais através dos quais se drenava minha energia sejam dissolvidos completamente.

Eu peço ao Senhor Metatron que nos liberte das cadeias da dualidade.
Eu peço que o selo do Domínio do Cristo seja colocado sobre mim. Eu peço ao Espírito Santo que testemunhe que isto se cumpra. E assim é.

Eu agora peço ao Cristo que esteja comigo e cure minhas feridas e cicatrizes.
Eu também peço ao Arcanjo Miguel que me marque com seu selo, que Eu seja protegido para sempre das influências que me impedem fazer a vontade de nosso Criador. E assim seja!

Eu dou graças a Deus, aos Mestres Ascensionados, ao Comando Ashtar, aos Anjos e Arcanjos e a todos os demais que tem participado nesta cura e elevação contínua de meu ser. Selah. Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus do Universo!"

APOS O DECRETO:

Não te movas por uma hora e meia. Descansa nos braços do Radiante enquanto os Cirurgiões Etéreos do Comando Ashtar removem os implantes completamente. Podes desejar dormir, descansando seguro de que estás no caminho da Ascensão e ninguém pode interferir com a obtenção da Mestria!

DEPOIS DA SESSÃO:

Esta cura dispara um ciclo de limpeza de 21 dias que continuará abrindo tua vida em muitas formas. Na primeira ou segunda semana podes ter sonhos inusuais. Este é um período de evacuação natural.
Ou podes não ter sonhos em absoluto, fazendo um trabalho de processamento muito profundo.

Em qualquer caso, não te preocupes, ambos são normais. Coloque particular atenção na forma que tuas próprias percepções do mundo possam mudar. Não te surpreendas se o mundo se vê muito mais brilhante e te sentes seguro nele. As pessoas podem parecer mais amigáveis e ao caminhar por tua vida, áreas que tem estado fechada previamente para ti estarão agora abertas. Tem que passar algum tempo, ao menos 30 dias, antes que possam compreender totalmente as diversas maneiras em que foi afetada tua vida e você mesmo.

BENEFÍCIOS DESTE PROCESSO INCLUEM:

1) Sentimentos de calma interna e claridade;
2) A conversação mental interna está mais tranquila;
3) A tensão interna se foi;
4) Se ganha ou se melhora a habilidade de canalizar;
5) Um sentimento de um novo sentido de propósito e significado na
vida;
6) Sentimentos de amor, paz e júbilo;
7) A vida melhora em todas as áreas;
8) Sentido de Unidade, consciência espiritual elevada;
9) Dissolução de relações não produtivas.

Há proteção construída contra uma nova implantação, em parte porque uma vez que se faz a revogação de votos completamente, teu livre arbítrio e desejo de permanecer livre de implantes e dispositivos de limitação espiritual te impedirão ser implantado novamente. Também serás agregado à rede de proteção do Comando Ashtar. Etereamente se verá como um cinturão dourado amplo que se move defensivamente ao redor de teu campo de energia quando o necessites.



Todavia o livre arbítrio consciente e a resistência subconsciente podem anular a libertação de todos os votos. Assegure-se que tua intenção seja liberar TODOS os votos e acordos. Se não estás seguro, repete a revogação de votos. 

Se não te sentes absolutamente limpo e com tudo terminado depois, repete a sessão inteira.


Paz e Luz a todos e a todas!

sábado, 8 de dezembro de 2012

O Munay Ki



O Munay-Ki é composto por nove ritos de Iniciação, profundamente transformadores da personalidade humana, capazes de transmitir sabedoria e poder. Trata-se de um ritual que permite ter acesso à consciência de que somos um repositório de toda a criação.

Os nove ritos são comuns a todas as tradições xamânicas. Derivam das grandes iniciações do Vale dos Hindus, que foram trazidas para as Américas pelos homens e mulheres que cruzaram o Estreito de Baring da Sibéria, durante o período glacial à cerca de 30.000 anos atrás. Esses viajantes foram os Laika - Os Guardiões da Idade.

Trata-se na verdade de um passo na evolução do Homem. De Homo Sapiens a Homo Luminous.

A expressão Munay-Ki, tem a sua origem numa palavra Quéchua que significa: Eu amo-te ou ainda: Seja como você é.

Recebi os ritos do Munay Ki do Shaman Tonynho dos Santos (e aqui abro um parêntese para agradecê-lo) em dezembro de 2011 e muita coisa mudou. A minha intuição ficou mais aguçada. O que antes eram respostas confusas, depois dos ritos tudo ficou bastante claro: revelações, respostas objetivas e sensibilidade aflorada. Portanto, recomendo, mas, advirto: O Munay Ki só deve ser feito por um Shaman com conhecimento no assunto.

Mas, o momento agora é de falar dos ritos.

Pedra Pi - Pi Stone


Começa-se os ritos com uma pedra chamada Pi Stone ou Pedra Pi, diga-se de passagem - muito difícil de ser encontrada no Brasil.

Esta pedra representa o nosso campo de energia luminosa. Ela é o modelo para o nosso físico, emocional e espiritual.

A energia luminosa vem através de nossos pés, sobe pela nossa coluna vai para a nossa cabeça e deixa o corpo através de nossos braços.

Ela penetra cerca de 30 cm no chão e volta-se em nossos pés. Assim, cria uma estrutura em forma de anel luminoso que nos inclui, nos envolve e nos protege.


1. Rito Curador:

Conecta-nos a uma linhagem de seres de Luz do passado, que vêm para ajudar na nossa transformação pessoal. Acorda o poder de cura em nossas mãos, de forma que podemos ajudar todos aqueles em que tocarmos.

Durante o ritual está disponível uma poderosa assistência espiritual que durante o sono dos próximos dias, curará feridas pessoais do passado bem como as dos nossos antepassados.

2. Cintos de Poder:

São colocados no nosso campo de energia cinco cinturões de luz para proteção. Eles passarão a agir como filtros, capazes de transformar qualquer energia negativa que venha até nós num dos cinco elementos terra, água, fogo, ar e pura luz/espírito puro. Dessa forma essas energias passarão a alimentar o nosso ser em vez de fazê-lo adoecer.

3. Rito de Harmonia:

Transmissão dos 7 arquétipos aos chacras. Primeiro recebe-se a serpente, o jaguar, o colibri e a águia; em seguida recebem-se os três arcanjos: Huascar Inka - o guardião do mundo mais profundo (inconsciente), Quetzalcoatl - o guardião do mundo do meio (mundo desperto) e Pachakuti - o protetor do mundo superior (o nosso super consciente).

O rito de harmonia são dons de beleza do mundo natural colocados em cada chacra que nos traz harmonia e transformação, também ajuda-nos a largar o nosso passado do mesmo modo que a serpente larga a sua pele para mover-se livremente sobre a terra.

4. Rito de Vidência:

São instaladas novas ligações capazes de conectarem o córtex visual com o terceiro olho e com o chacra cardíaco, isto acorda o vidente interior e a nossa capacidade de perceber o mundo invisível da energia e do Espírito, bem como a vibração dos Anjos e Arcanjos.

O rito de vidência permite-nos abraçar a plenitude das nossas capacidades de ver com o coração. 

Cinco vias de luz são "colocadas" a partir do terceiro olho para o córtex, na parte de trás da cabeça e duas vias de luz são "colocadas" nas partes laterais. É feita a ligação de ver com o coração, despertando o caminho de ver do Xamã.

5. Rito do Guardião do Dia:

Este rito é uma transmissão energética nos conecta a uma linhagem de Laikas do passado, a uma linhagem de curadores antigos. Os guardiões do dia foram as mestres dos altares de pedras antigos encontrados em lugares sagrados em todo o mundo, de Stonehenge a Machu Picchu. Eles(as) conseguem curar e trazer harmonia ao planeta e conectam a energia entre os humanos e a Mãe Terra. São mediadores(as) e curadores(as).

Este ritual permite ainda curar o poder feminino, permanecer aquém do medo e praticar a Paz.

6. Ritual Guardião da Sabedoria:

Conecta-nos a uma linhagem de seres de luz do passado e futuro. Está associado às eternas montanhas de neve, talvez uma memória distante dos nossos ancestrais dos Himalaia. Este ritual permite curar o poder masculino, dar um passo fora do tempo, tomar contato com os ensinamentos da medicina ancestral e entrar em contato com o infinito.

7. Ritual do Guardião da Terra:

Este ritual conecta-nos com os arcanjos guardiães da nossa galáxia, aqueles que suportam toda a vida na Terra.

Conecta-nos às estrelas e à nossa estrela local - o Sol. Ajuda-nos a aprender os caminhos do vidente, ver mais além e a sonhar o novo mundo que está a chegar.

8. Ritual do Guardião das Estrelas:

Este ritual ancora-nos com segurança no tempo que precede a grande mudança, que se diz ocorrer em torno de 2012.

O nosso corpo físico é envolvido por uma proteção luminosa, o processo de envelhecimento torna-se mais lento e o nosso DNA fica mais resistente às doenças. Quando você receber estes ritos, você adquire administração do tempo a vir e todas as gerações futuras.

9. Ritual do Criador:

Acorda a Luz do Criador, e nos traz um sentimento de pertencer e de estar em harmonia com toda a criação a partir do menor grão de areia ate o grande aglomerado de galáxias. É agora possível transmitir estes rituais de pessoa para pessoa. Apenas precisamos abrir o nosso ser à sabedoria dos Guardiões da Terra que o resto ser-nos-á transmitido. 

Este rito, só recentemente se tornou disponível para o ocidente. Foi trazido para baixo das montanhas sagradas do Peru em 2006 pelos anciãos Incas que deliberaram ser necessária a sua divulgação.

O Munay Ki é uma declaração de amor ao Universo!



Lígia Moura
virligiams@gmail.com


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

De Volta

Já faz algum tempo que não coloco postagens no meu blog e quero aqui pedir desculpas a todas as pessoas que o visitam, principalmente os meus seguidores. 

Estive ausente em virtude de problemas pessoais (doença na família).

A saudade de todos os meus leitores foi constante e a vontade de ter vocês lendo novamente meu blog é eterna.

Então esperem só mais um pouquinho que muito, mas muito em breve mesmo, estarei postando coisas interessantes.

Muito obrigada a todos que continuaram lendo mesmo com a minha ausência.


Lígia Moura
virligiams@gmail.com


domingo, 15 de julho de 2012

Oração de Santo Agostinho


A morte não é nada.
Apenas passei ao outro mundo.
Eu sou eu. Tu és tu.
O que fomos um para o outro ainda o somos.

Dá-me o nome que sempre me deste.
Fala-me como sempre me falaste.
Não mudes o tom a um triste ou solene.
Continua rindo com aquilo que nos fazia rir juntos.
Reza, sorri, pensa em mim, reza comigo.
Que o meu nome se pronuncie em casa
como sempre se pronunciou.

Sem nenhuma ênfase, sem rosto de sombra.
A vida continua significando o que significou:
continua sendo o que era.

O cordão de união não se quebrou.
Porque eu estaria fora de teus pensamentos,
apenas porque estou fora de tua vista ?

Não estou longe,
Somente estou do outro lado do caminho.
Já verás, tudo está bem.
Redescobrirás o meu coração,
e nele redescobrirás a ternura mais pura.

Seca tuas lágrimas e se me amas,
não chores mais

terça-feira, 1 de novembro de 2011

domingo, 12 de junho de 2011

Banalidade do Culto Afro no Brasil

             Todo homem precisa de uma busca. Acreditar nos seus sonhos, na existência de algo superior e criar os meios de transpor o mundo das idéias para o mundo real. Caminhar, buscar, enfrentar desafios, correr risco e sempre seguir em frente olhando para o horizonte.
          O que seria de nós sem as motivações existênciais?

          Eu sou Kaliel Conrado, profissional do rádio, comunicador e um ser latente espiritualmente.
          No dia 20 e maio de 2011 uma nova etapa em minha vida de traçou, um dia qualquer pra muitos, mas um dia histórico para mim. Mas antes de me aprofundar neste caso, me sinto na necessidade de fazer um relato histórico.

          Espiritualmente tive inúmeras trajetórias, em alguns momentos, corri atrás de diversos credos, religiões, filosofias de vida, seitas... Enfim, uma boa parte de minha existência até agora foi marcada por uma busca por respostas, uma busca pelo sobrenatural.

          Eu tentei saciar minha sede de conhecimento no catolicismo, protestantismo, espiritismo kardecista, esoterismo, ocultismo, xamanismo, celtismo, druidísmo, teosofia, hinduísmo, budismo, cabala, sufismo,umbanda, candomblé e por fim o culto de Ifá. Ufa! Fiz uma jornada e tanto, não é mesmo? Mas cada uma dessas vertentes religiosas contribuiu no meu processo de crescimento interior e pude perceber que cada uma tem uma centelha divina, uma verdade e, pode sim, nos guiar para nossa buscar única – regressar para nossa fonte criadora.

          No final de tudo, cheguei a conclusão de que  somos nós mesmos que fazemos o caminho, a diferença!
          Foi preciso fazer esta longa jornada para hoje me deparar com o que realmente eu precisava para esta existência - ser iniciado no culto de Òrunmìla-Ifá. Com isto, quero dizer que, é preciso cada um fazer sua peregrinação místico-religiosa - O processo de transformação existêncial.

          O culto de Òrunmìla-Ifá é uma filosofia de vida mística africana, não é candomblé, nem umbanda, nem kimbanda, nem Congo, nem Batuque e nem muito menos o que chamam erroneamente de Macumba. É algo muito diferente, profundo, filosófico, intrínseco, mágico e libertador e que, felizmente,  qualquer pessoa, de qualquer credo religioso, pode ser adentrar ao culto e seus mistérios milenares.

          Porém, algo me incomoda e me deixa profundamente decepcionado. Neste momento irei me referir a todos que são os Chefes, Sacerdotes, Babalorixás, Yalorixás, Omos, Awos, Babalawo ou qualquer outro que esteja e viva dentro das ramificações religiosas e culturais de matriz africana no Brasil.

          Eu conheci dezenas de líderes religiosos por este Brasil. Poucos, pouquíssimos, tiveram a minha mais profunda admiração, posso contar nos dedos de minha mão direita. A pergunta que você se faz agora é: POR QUÊ?

          Pois bem. Fico constrangido com a maneira que alguns líderes religiosos vêm conduzindo suas “casas de axé”. Depois de séculos de existência, o candomblé e outros seguimentos continuam sendo taxados de religião do mal, de feitiçaria, de demônio, de uma religião  “gays e lésbicas”. Impressionante como essa cultura mística filosófica africana continua sendo marginalizada. De quem é a culpa? Digo-vos, de cada um de nós e principalmente dos sacerdotes e sacerdotisas. Afinal, do “povo do santo”

          Aonde formos há uma marca da África, seja no penteado, no corte de cabelo, na comida, no jeito de falar, na dança, nas molduras , na arquitetura... Não podemos negar, somos uma extensão em potencial da África.

           Ir contra isto é contestar nossa própria existência!

          Virar as costas para esta cultura é negar nossa Ancestralidade, nossos antepassados. Não podemos esquecer aqueles que lutaram, derramaram seu sangue e morreram para hoje estarmos aqui, vivos. Uma árvore pode ficar de pé sem raiz?

          Sem generalizar, mas lamentavelmente, a religião africana aqui no Brasil se transformou num jogo de interesses particulares e escusos onde pais e mães de santo estão usando da religião para adquirir poder, fama e riquezas e no pior caso, estão transformando os barracões numa extensão de suas almas doentias e mesquinhas. Passaria horas escrevendo as diversas experiências que vi e vivi em algumas “casas de santo” “por aí; relatos que deixariam muitos leitores estarrecidos.

          A verdadeira espiritualidade não pode ser negociada, não pode ser manipulativa, não pode ser comprada. Muitos mais muitos candomblés que acham que cultuam os Orixás estão se transformando em galpão de escola de samba, onde os orixás são cegos mudos e surdos. Vejo orixás mais preocupados com suas bonitas roupas do que em mostrar a verdadeira essência. A superficialidade e as vaidades pessoais estão tomando de conta dos barracões. Vejo muita encenação e “amostramento”, uma disputa para quem sai com a roupa mais chamativa, mais brilhante, mais cheia de plumas e paetês. Orixás que se dizem incorporados que param no meio da dança pra ajeitar seus vestidinhos e ajeitar seus adornos, afinal tem que sair bonito pra foto e isso é fato!

          Recordo-me dos orixás dos mais velhos, que quando incorporavam não precisavam de roupas caras, saiam pro meio de terreiro, na terra batida pra dançar e bailar a noite toda sem cansar, os orixás que arregalavam seus olhos e pegam suas armas e bailavam lindamente relembrando a vida que tiveram aqui, das lutas, das guerras, dos amores; orixás que eram presente de verdade na vida de seus filhos e sabia dar o castigo certo quando o noviço cometia um erro. Vi e ouvi histórias de orixás que entravam no fogo e não se queimavam coisas que nós humanos jamais poderíamos entender.

          Onde estão esses Orixás?

           O que fizeram com os verdadeiros Orixás?

          Porque se calaram, cegaram e ensurdeceram ?

          Por que os orixás de hoje, incorporados em seus filhos, saem para o meio dos salões com os passos de dança ensaiados, rodam, pulam, gritam, retorcem e voltam pra dentro de um quarto escuro? É só isto que tem a oferecer?

          Brigas, fuxicos, intrigas, perseguições, tramas e sexo são coisas assim que estão acontecendo dentro de muitas casas de Candomblé. Zeladores que transam com seus filhos dentro de camarinha; pais de santo iniciando seus amantes, pais de santo mercenários que por dinheiro usa das entidades para feitiçaria para fazer amarrações, destruir e até matar. Orixás sendo conduzidos e guiados pelos seus amantes nos rituais. Esta raça pobre está acabando com nossa religião e destruindo com o nome dos verdadeiros Orixás. Neófitos, pessoas despreparadas recebendo cargos e funções dentro do culto se tornou rotina. Isto se chama comercialização da espiritualidade.

          É preciso fazer alguma coisa urgente!

          Conheço pessoas, principalmente mulheres, desesperadas, que gastaram fortunas para trazer seus maridos de volta, pessoas que foram enganadas, roubadas e usadas por certos sacerdotes africanos. Eu vi pessoas terem suas vidas destruídas nas mãos desses marginais da espiritualidade .

          Travestis com peito de silicone sendo iniciados , homens que se “montam” a base de silicone recebendo cargos exclusivos para mulheres; adeptos que mal terminam os rituais estão se trancando nos quartos com seus irmãos ou parentes de santo e transam; festas de orixás regada a muita cachaça e cocaína, amantes que participam das iniciações do seu companheiro e orixá ainda dança pra ele. Pessoas despreparadas e interesseiras estão sendo iniciadas a torto e a direita. Um festival de futilidades e tentativas de superação das frustrações pessoais de muitos adeptos.

          Cultuar orixá é cultuar a natureza e não se vê isto acontecendo. A maioria dos Terreiros de Candomblé e Umbanda estão localizados nas periferias das cidades, poucos ou quase nenhum tem a preocupação de desenvolver um trabalho ou um projeto educacional para combater o consumo de drogas. Deveriam procurar orientar, fazer palestras, criar parcerias com os poderes constituídos para tentar salvar ou evitar nossas crianças e adolescentes adentrarem nos mundo das drogas. Deveriam se unir em prol de um bem maior, coletivo ao invés de ficarem sentados em seus tronos esperando chegar clientes para barganharem favores ou dinheiro para sustentar suas vaidades pessoais ou seus amantes.

          Sei que meus pontos de vista não vão agradar a muitos e serei taxado de muita coisa, mas tenho minha consciência limpa e sou fiel as minhas convicções. Minha luta não é de muitos, e sim de poucos. Luto e defendo aonde quer que eu vá o nome de Orunmila, dos Orixás e de uma cultura poderosa como a Africana. Levantarei o estandarte em defesa de meus ancestrais e daquilo que é certo.

          Sei que não estou sozinho nesta batalha, com o tempo muitos outros irão acordar e se acoplar a nossa causa nobre. Um dia esses marginais da espiritualidade serão desmascarados e punidos pelas suas arbitrariedades.

          Não sou dono da verdade, sou um guerreiro, um seguidor de Ifá, um adepto que acredita nos verdadeiros Orixás e na sua força. Busquem as verdadeiras casas de Candomblé, não percam sua fé nos Orixás.

Ogbo ato ire ooooo!



Kaliel Conrado

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

O Declínio da Fé

...”em um passado não muito distante os Orixás falavam, e se comunicavam com as pessoas, deixavam recados que certamente contribuíam em muito para a solução de nossos problemas. O que teria acontecido com o passar dos anos? Os Orixás fecharam os olhos e ainda fecharam a boca? Seria culpa dos sacerdotes que perderam como se faz o ritual da abertura de fala? Será que esses novos sacerdotes já viram um tabuleiro repleto de comidas para tal axé?” (Gilmar Ofun Oyeku).

Foi com grande preocupação que li esse artigo no blog de Gilmar Ofun Oyeku. Quantas vezes não me deparei com situações iguais a essa em minha cidade. Dei-me conta do real motivo de minha ausência nos xirês e rituais.

Presenciei acontecimentos que me deixavam no mínimo envergonhada, aos quais me recolhia a minha ignorância pelo simples motivo que esses fatos se davam no meio de pessoas que detém o poder e o conhecimento dentro do culto aos Orixás.

Aprendi com meu zelador que “Orixá fala sim, ouve sim, canta sim”! E hoje vejo Orixás puxados por pessoas (muitas das vezes sem conhecimento ou autoridade para tal), de olhos fechados e que sequer sentam, aconselhados por quem lhes servem, pra não amassar a roupa.

Ver abians, sem nenhum conhecimento, suspender Orixá, não tendo o cuidado de observar as condições em que o yawô ficou, é bem constrangedor.

Vi brigas e palavrões no meio do barracão com o Orixá da casa dançando;

Pessoas saírem do xirê pra atender o celular;

Xirês que se inicia cantandoe louvando Exu catiço, seguido de Orixás encerrando com toque pra caboclos, boiadeiros, mestres e erês de jurema, sem nenhuma organização hierárquica;

Zeladores e Zeladoras ameaçando abians e yawós caso saíssem de suas casas.

A pergunta é: onde estão os Orixás nessas horas?

Será que são eles que estão realmente incorporados em seus filhos e filhas? E se estão, por que permitem que isso aconteça denegrindo a imagem de uma história e de uma religião que existe há mais de mil anos?

Ah, acabei de lembrar: ORIXÁ NÃO FALA!

Então quem irá me responder?

Como Ekedji tenho minhas limitações: não incorporo e não tenho jogo de búzios.

É com tristeza que chego à conclusão de que não é só em minha pequena Cajazeiras que isso acontece.


Onde chegaremos permitindo que coisas assim aconteçam?


Termino essa postagem na esperança de uma mudança ou de uma resposta e nessa espera me reporto às palavras do Professor Agenor Miranda Rocha:


Antigamente havia mais humildade, mais fé e mais respeito ao Orixá. Hoje não, quase só se vê vaidade e comércio. O axé está enfraquecendo.Talvez por essa razão os Orixás do Ketu não falem mais em muitas casas, mas deveriam falar, se recebem o axé de fala. O erê não fala? O próprio Orixá não dá seu nome no barracão? Os santos dos antigos sempre falavam, ou em yorubá antigo ou para aqueles que não compreendessem esta língua num português meio arrevesado. Só não falavam os Orixás das pessoas que não eram feitas e que, por tanto ainda não tinham recebido o axé próprio”.



Que meu Pai Oxóssi abençoe a todos e nos dê discernimento!



Virginia Ligia Moura de Souza

sábado, 23 de outubro de 2010

Orí



"ORI é o criador de todas as coisas

ORI é que faz tudo acontecer, antes da vida começar

É ORISA que pode mudar o homem

Ninguém consegue mudar ORISA

ORISA que muda a vida do homem como inhame assado

AYE, não mude o meu destino

Para que o meu ORI não deixe que as pessoas me desrespeitem

Que o meu ORI não me deixe ser desrespeitado por ninguém

Meu ORI, não aceite o mal."


"Meu ORI

Eu grito chamando por você

Meu ORI,

Me responda

Meu ORI,

Venha me que eu seja uma pessoa rica e próspera

Para que eu seja uma pessoa a quem todos respeitem

Oh, meu ORI!

Ao ser louvado pela manhã,

Que todos encontrem alegria comigo"

"Por toda parte onde ORI seja próspero, deixe-me estar incluído,

Por toda parte onde ORI seja fértil, deixe-me estar incluído,

Por toda parte onde ORI tenha todas as coisas boas da vida, deixe-me estar incluído.

ORI, coloque-me em boa situação na vida,

Que meus pés me conduzam para onde as coisas me sejam favoráveis.

Para onde IFA está me levando eu nunca sei.

Jogaram para Assore no início de sua vida.

Se há qualquer condição melhor do que aquela em que estou no presente,

Que possa meu ORI não falhar em colocar-me nela.

Meu ORI, me ajude!

Meu ORI, faça-me próspero!

ORI é o protetor do homem antes das divindades."

segunda-feira, 5 de julho de 2010

As Verdades de Ifá

AS VERDADES DE IFÁ



1. Este Universo é benevolente.

2. Você não precisa sentir medo.

3. Só há uma única Força Criativa - Deus!

4. Não existe nenhum Diabo.

5. É seu direito inato ser jovem, próspero e amado.

6. O Céu é a “casa” e a Terra o “mercado”. Estamos em comunicação constante entre os dois.

7. Você é literalmente parte do Universo, não apenas de modo figurativo.

8. O seu caráter determina o resultado.

9. A Supremacia é má.

10. Você não deve NUNCA, desejar ou fazer mal a outro ser humano.

11. Você não deve NUNCA prejudicar o Universo do qual você é parte.

12. Não deve haver nenhum tipo de discriminação.

13. A diversidade é o carimbo oficial da criação de Olodumare - Deus.

14. Você escolhe seu Destino e seu Orixá Guardião.

15. O Oráculo provê o mapa do caminho para o seu Destino.

16. Suas metas são: Equilíbrio, Crescimento e Sabedoria.